Linhares, ES - 27/06/2017

Ludmilla registra queixa sobre ataque racista na web

Ludmilla prestou queixa nesta segunda-feira (23), na Delegacia de Repressão a Crimes de Internet (DRCI), contra uma série de ataques racistas que ela recebeu na madrugada deste domingo (22).

O agressor, que já tinha enviado mensagens deste tom para a artista, teve o perfil apagado pelo Instagram depois de uma enxurrada de mensagens enviadas para o perfil dele. Os textos para Ludmilla eram sempre cheios de injúrias e críticas racistas à artista. Pelo Instagram, a cantora postou dois prints das mensagens recebidas por ela.

Recentemente, a cantora processou a empresária e socialite Val Marchiori por injúrias raciais, além também de exigir uma indenização no valor de R$300 mil.

Mas ela não foi a única a sofrer críticas racistas na web. A ex-BBB Adélia também foi vítima, assim como a atriz Taís Araújo e a jornalista Maria Júlia Coutinho.